BIBLIOTECA

Pronunciamento na votação da "Ficha Limpa Municipal"

Votação do Projeto de Emenda à Lei Orgânica
[+] ARQUIVOS

 
Salamuni se desincompatibiliza para disputar eleições de 2020
Salamuni foi vereador por sete mandatos, dos quais, nos anos de 2013 e 2014, ocupou o cargo de Presidente do Legislativo da capital.
Fonte Paulo Salamuni - 16/08/2020 - 12h57min Imprimir
Salamuni se desincompatibiliza para disputar eleições de 2020

 

O Procurador pela cidade de Curitiba Paulo Salamuni pediu desincompatibilização do cargo para concorrer a uma cadeira na Câmara Municipal de Curitiba, nas eleições de 2020.

 

Vereador por sete mandatos, dos quais, nos anos de 2013 e 2014, ocupou o cargo de Presidente do Legislativo da capital, Salamuni deixou a Câmara em 2016 para disputar o cargo de vice-prefeito na chapa com Gustavo Fruet (PDT).

 

Em 2018, conquistou o cargo de Primeiro Suplente de Senador na chapa com Oriovisto Guimarães (Podemos), e agora pretende retornar ao legislativo municipal, mais uma vez pelo Partido Verde (PV).

 

Uma curiosidade envolvendo o fato é que, se eleito vereador, e convocado para assumir o cargo no Senado Federal, Salamuni deverá renunciar ao cargo no legislativo municipal. Isso porque a Constituição Federal, em seu artigo 54, inciso II, “d”, proíbe que Deputados e Senadores sejam titulares de mais de um cargo ou mandato público eletivo.

 

Em suas redes sociais Salamuni publicou a seguinte mensagem:

 

“15/08/20 - DESINCOMPATIBILIZAÇÃO DO CARGO DE PROCURADOR - PRÉ-CANDIDATO A VEREADOR DE CURITIBA DEPOIS DE 4 ANOS DEDICADOS À MINHA CARREIRA!

 

Decreto 1067 do Sr. Prefeito Municipal de Curitiba: "Concede afastamento para concorrer a cargo eletivo".

Minhas concidadãs, meus concidadãos, amigas e amigos, sou-lhes muito obrigado pela acolhida e consideração de sempre. Se o povo de Curitiba me conceder mais uma vez a tarefa de representá-lo na Câmara Municipal de Curitiba, irei cumprí-la como  tantas outras com que fui  encarregado, com os haveres de minha experiência e o ânimo  de todas as horas.

 

O homem público é o cidadão de tempo inteiro, de quem as circunstâncias exigem sacrifício da liberdade pessoal, mas quem o destino oferece a mais confortadora das recompensas servir a Nação e a Cidade em sua grandeza e projeção na eternidade.

 

Me questionam, sobre a suplência do Senado da República, eleito ou não, continuo com ela e se for chamado a exercer a senatória, estou preparado, lá estarei! Paulo Salamuni.”

 
     


salamuni@salamuni.com.br
Contato: 9972-7691|8415-3052|3350-4574

© Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por InovaSite